Marcelo Oliveira –Assessor Chefe de Comunicação da ABPA
marcelo.oliveira@abpa-br.org
(11) 3095-3120
 

 

  • 26 | 08 | 2013

    UBABEF apresenta estudo sobre a competitividade da avicultura brasileira durante o SIAV

    Documento será entregue ao vice-presidente Michel Temer

    São Paulo, 26 de agosto de 2013 - A União Brasileira de Avicultura (UBABEF) promove em São Paulo (SP), no Parque Anhembi, a partir de amanhã (27) e até o dia 29 de agosto, o Salão Internacional da Avicultura. O evento, o maior do setor no Brasil, irá agregar o 23º Congresso Brasileiro de Avicultura e uma feira com representantes de toda a cadeia produtiva, e terá como tema “Valor agregado: novos caminhos para a inovação avícola”.

    O vice-presidente da República, Michel Temer, participa da solenidade de abertura, no auditório Celso Furtado do Centro de Convenções do Anhembi, a partir das 10h30. Na ocasião, receberá do presidente da UBABEF, Francisco Turra, um estudo sobre a competitividade da avicultura brasileira.

    O estudo, elaborado pela UBABEF, em parceria com a consultoria Agro.Icone, aponta que o Brasil poderia ter obtido receitas adicionais de US$ 1,650 bilhão e gerado cerca de 94 mil empregos diretos e indiretos, nos últimos quatro anos, não fosse a perda de competitividade das exportações de carne de frango. Prevê também que, se o quadro permanecer até 2020, deixarão de ser gerados em torno de 103 mil empregos diretos e indiretos na cadeia avícola.

    De acordo com o levantamento, realizado junto a empresas que representam cerca de 70% da produção avícola nacional, o principal gargalo da competitividade da indústria avícola nacional está nos altos custos industriais. E onde os mais relevantes são os custos de mão de obra, de embalagem e de investimentos.

    A solenidade de abertura contará também com as presenças do ministro da Agricultura, Antonio Andrade, dos governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, de Goiás, Marconi Perillo, de Pernambuco, Eduardo Campos, da senadora Kátia Abreu, entre outros.

    O evento

    O SIAV será um momento para a definição das novas tendências da cadeia avícola nacional. Neste sentido, o 23° Congresso focará o tema “Valor agregado: novos caminhos para a inovação avícola”.

    “Em 2011, levantamos a logística como principal ponto de debate para o ganho de competitividade do setor, e hoje ela é pauta nacional, não apenas da nossa cadeia produtiva, mas para o país. Agora, em 2013, queremos levantar a importância de melhorarmos a rentabilidade dos negócios de nosso setor, por meio da agregação de valor”, destaca o presidente da UBABEF, Francisco Turra.

    Conforme defende o presidente da UBABEF, a avicultura brasileira atingiu patamares inéditos nos mercados interno e internacional, com o elevado consumo per capita de aves, a melhora nos índices de consumo de ovos e a liderança internacional nas exportações de produtos avícolas.  É chegada a hora, porém, de gerar mais receita com a produção da avicultura.

    “Os caminhos da avicultura devem se voltar para o aumento de produtos industrializados, com mais tecnologia envolvida no processo. Dessa forma, aumentamos o já elevado número de empregos gerados pelo setor, aumentamos nossa receita e beneficiamos não apenas as agroindústrias de aves e ovos, mas também toda a cadeia fornecedora, com o aumento dos investimentos em tecnologia”, destaca.

    O 23° Congresso Brasileiro de Avicultura contará com mais de 60 palestrantes, entre presidentes e diretores de empresas, especialistas técnico-científicos nacionais e internacionais e líderes empresariais.  Na pauta das palestras estarão temas que desafiam o dia a dia dos técnicos e dos empresários do setor, e estratégias para ampliar a capacidade competitiva da cadeia produtiva.

    Está previsto uma intensa programação de debates conjunturais nos três dias do evento, como perspectivas do comércio internacional, desafios logísticos, oportunidades para o Brasil, competitividade, entre outros. Esses e outros temas serão apresentados pelos CEOs da BRF, Antonio do Prado Fay, da JBS, Wesley Batista, pelo vice-presidente da Tyson Foods, James Young, além de técnicos e pesquisadores de organizações brasileiras e da União Europeia, como a DG Sanco e DG Agri, da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), Organização Mundial do Comércio (OMC), de universidades e institutos de pesquisa estrangeiros, do International Poultry Council (IPC) e a Associação Latinoamericana de Avicultura (ALA).

    Outro destaque são os painéis técnicos, que tratarão de temas como: bem-estar animal, regulatórios de insumos para rações e produtos veterinários ,sanidade avícola, estratégias nutricionais, desenvolvimento genético e outras questões atuais que envolvem o setor, que serão abordados por pesquisadores nacionais e internacionais.

    O SIAV, que acontece em uma área de 10 mil metros quadrados do Parque Anhembi, espera  receber 15 mil visitantes e cerca de mil congressistas, além de representantes dos mais variados segmentos – do CEO ao produtor da agroindústria, associados da UBABEF, passando pelo fornecedor de insumos e equipamentos – além de políticos, técnicos, pesquisadores, consultores, produtores, integrados, estudantes das áreas de medicina veterinária, zootécnica e agronomia, economistas e líderes de organizações importantes e outras entidades ligadas ao agronegócio. 

    A Feira

    Ao todo, mais de 100 empresas expositoras das áreas de equipamentos, laboratórios, rações, logística, material genético, agroindústrias produtoras e exportadoras, certificadoras, entre vários outros fornecedores das áreas de corte e postura, estarão presentes na maior exposição comercial do setor em 2013.

    Segundo o presidente executivo da UBABEF, Francisco Turra, o sucesso não se restringe apenas à comercialização. “Teremos uma massiva confirmação de produtores e presidentes de agroindústrias, além da presença de mais de 2 mil avicultores”, destaca.  “A feira contará ainda com uma ação inédita em eventos do setor avícola brasileiro: a consultoria especializada do Ministério das Relações Exteriores (MRE) em comércio exterior aos expositores durante todo o evento. Haverá ainda uma agência do Banco do Brasil preparada para oferecer financiamentos”, informa Turra.

    Além dos avicultores, esse grande espaço de negócios contará também com expositores internacionais da Bélgica, França, Itália, Argentina, entre outros. Estarão presentes também empresários, diretores, gerentes de compras, técnicos de campo e dos frigoríficos, outros membros da cadeia produtiva e lideranças nacionais e internacionais.

    Outros destaques

    Estão previstas dez reuniões das Câmaras Setoriais da UBABEF e as entidades parceiras do SIAV - ABIQUIFI, ALANAC, ANFEAS, SINDAN, SINDIRAÇÕES - também promoverão encontros com seus associados durante o SIAV.

    Paralelamente vão ser apresentadas iniciativas pioneiras, como os Projetos Comprador e Imagem, realizados com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil), com a proposta de apresentar para jornalistas, representantes de associações de consumidores e potenciais compradores estrangeiros a qualidade, sanidade e sustentabilidade da avicultura brasileira. Já estão confirmadas as presenças de representantes de mais de 35 países de mercados consagrados como grandes importadores de produtos avícolas do Brasil, como Emirados Árabes, Holanda, e Hong Kong, e potenciais importadores, como Indonésia e Nigéria, todos visitarão o SIAV em busca de novas oportunidades de negócios e de intercâmbio de informações.

    O Projeto Produtor é outra ação e irá reunir cerca de mil produtores integrados das agroindústrias associadas. A proposta é divulgar, por meio de palestras, as diretrizes das boas práticas de produção nas granjas. Serão abordadas questões como: mercado e perspectivas, crédito rural, legislação e manejo sustentável.

    A entrega do Prêmio UBABEF de Pesquisa Avícola Aplicável será outro ponto alto do evento. Voltado para o público acadêmico, tem o objetivo de fomentar a pesquisa científica. Dará oportunidade aos graduandos e pós-graduandos de apresentarem seus trabalhos científicos, com aplicabilidade prática no dia a dia do setor, aos membros das diversas empresas da cadeia produtiva da avicultura que estarão participando do evento.  

    Atividades extras

    Fórum “O supermercado do futuro” – O encontro trará ao Brasil o guru do neuromarketing, Jürgen Klaric, CEO da Master Coach Innovation at Mindcode/EUA. Conhecido como um dos oradores profissionais mais destacados em sua área de atuação, Klaric é a autoridade mundial em neuroinovação. Seu trabalho tem o objetivo de compreender características da mente humana que possam ser aplicadas na venda de produtos e nos mercados de consumo.

    Seminário OvoSite – Realizado pela Editora Mundo Agro em parceria com a UBABEF, abordará temas como a atualidade da produção mundial de ovos; a agregação de valor na produção; perspectivas da produção de grãos; a integração contratual como estratégia de acesso ao mercado internacional; os desafios da comercialização do produto no Brasil; e o ovo nos autosserviços, como atrair cada vez mais o consumidor.

    2º Seminário Internacional de Sustentabilidade – Promovido pela revista “Feed & Food” junto com a UBABEF, o evento pretendeoferecer aos participantes um conteúdo provocativo da equação econômico-financeiro dos ajustes e investimentos ao longo da cadeia produtiva do agribussiness avícola, bem como o desafios de capacitação e educação para o setor.

  • Apoiadores:

  • Patrocinadores:

  • Media Partners:

Contato

siavs@abpa-br.org
+55 (11) 3095-3120

Realização

SIAVS - Escritório-sede da ABPA
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1912 - 20° andar.
Conj. 20 L. CEP: 01452 - 001
São Paulo - SP - Brasil
Fone / Fax: +55 11 3095-3120