Marcelo Oliveira –Assessor Chefe de Comunicação da ABPA
marcelo.oliveira@abpa-br.org
(11) 3095-3120
 

 

  • 29 | 08 | 2013

    SIAV se consagra definitivamente como o maior evento do setor avícola nacional

    Encontro teve a presença de participantes de mais de 40 países

    São Paulo, 29 de agosto de 2013 - O Salão Internacional da Avicultura, promovido pela União Brasileira de Avicultura (UBABEF), foi encerrado hoje no Anhembi Parque, em São Paulo - e consagrado como o maior evento do setor avícola brasileiro. O 23º Congresso Brasileiro de Avicultura e uma feira com representantes de toda a cadeia produtiva foram os maiores destaques do evento, que teve como tema “Valor agregado: novos caminhos para a inovação avícola”. Compareceram ao SIAV representantes de mais de 40 países, reunindo milhares de participantes da mais alta qualificação. A edição 2015 do SIAV já tem data marcada: será entre 28 e 30 de julho, novamente no Anhembi, em São Paulo.

    O 23° Congresso Brasileiro de Avicultura reuniu mais de 70 palestrantes, entre presidentes e diretores de empresas, especialistas técnico-científicos nacionais e internacionais e líderes empresariais.  Na pauta das palestras estiveram os principais temas que desafiam o dia a dia dos técnicos e dos empresários do setor, e estratégias para ampliar a capacidade competitiva da cadeia produtiva.

    Ao fazer um balanço do SIAV, o presidente executivo da UBABEF, Francisco Turra, destacou que os três dias do evento levaram a um resultado extremamente positivo. Ele salientou, por exemplo, a expressiva presença de autoridades na abertura do encontro máximo da avicultura brasileira. E, além do alto nível das apresentações e debates do 23º Congresso Brasileiro de Avicultura, também fez questão de destacar a feira, superou em muito nossas expectativas".

    O evento máximo da avicultura brasileira foi realizado em uma área de 10 mil metros quadrados, que recebeu cerca de mil congressistas, além de representantes dos mais variados segmentos – do CEO ao produtor da agroindústria, associados da UBABEF, passando pelo fornecedor de insumos e equipamentos – além de políticos, técnicos, pesquisadores, consultores, produtores, integrados, estudantes das áreas de medicina veterinária, zootécnica e agronomia, economistas e líderes de organizações importantes e outras entidades ligadas ao agronegócio.

    O Congresso – Programa Empresarial

    O terceiro dia do encontro abordou, em seu Programa Empresarial, temas como Tendências na comercialização de produtos avícolas, com as presenças da diretora global de Assuntos Corporativos da Elanco, Claudia Garcia, e Mercado global da avicultura: trazendo proteção e criando valor através das embalagens, com Christophe Gottar, da Sealed Air Cryovac.

    Outro painel abordou o tema Regras para o comércio seguro de alimentos, com Luis Osvaldo Barcos, da OIE-Argentina, Guilherme Costa, da Missão Permanente do Brasil junto à OMC e a outras organizações econômicas em Genebra, e José Manuel Silva Rodrigues, da DG Agri.

    O painel Impactos do Custo Brasil e os desafios logísticos para manutenção da competitividade da avicultura teve as participações de Luiz Antonio Fayet, da CNA-Brasília, Luiz Carlos Rodrigues Ribeiro, da secretaria de Política Nacional de Transportes do Ministério dos Transportes, e de Nélio Botelho, presidente da União Brasil Caminhoneiro.

    David Nelson, do Rabobank-EUA, e Guilherme Henderson, da PFConsults, de São Paulo, debateram sobre Tendências no comércio internacional.

    O Programa Técnico

    Dentro da programação de palestras técnicas do 23º Congresso Brasileiro de Avicultura, foi abordado o tema Frango e matriz pesada, com Bernardo Bocchese Gallo, da Tyson México, e Roberto Carlos Freitas, da Aviagem/Marfrei-Uberlândia (MG).

    O mito dos hormônios foi outro assunto em pauta, tendo como palestrante Fernando Rutz, da Universidade Federal de Pelotas (RS).

    Rutz esteve também, junto com Michel Czarick, da Athens da Geórgia-EUA, Felipe Caron, da Universidade Federal do Paraná, e José Maurício França, da Universidade Tuiuti do Paraná, nas discussões do painel Inovações tecnológicas na avicultura.

    O último dia do SIAV ainda incluiu palestras dentro do 2º Seminário Internacional de Sustentabilidade, reunindo José Eduardo R. Malheiro, assessor da ABRA e consultor da Patense, de MG, que falou sobre A evolução da indústria de reciclagem animal, e Lucas Cypriano, consultor técnico da ABRA, que abordou o tema Reciclagem animal como solução para os resíduos.

    A feira

    Ao todo, mais de 100 empresas das áreas de equipamentos, laboratórios, rações, logística, material genético, agroindústrias produtoras e exportadoras, certificadoras, entre vários outros fornecedores das áreas de corte e postura, estiveram presentes na maior exposição comercial do setor em 2013.

    A feira contou com uma ação inédita em eventos do setor avícola brasileiro: a consultoria especializada do Ministério das Relações Exteriores (MRE) em comércio exterior aos expositores durante todo o evento.

    Além dos avicultores, esse grande espaço de negócios contou também com expositores internacionais da Bélgica, França, Itália, Argentina, entre outros. Estiveram presentes também empresários, diretores, gerentes de compras, técnicos de campo e dos frigoríficos, outros membros da cadeia produtiva e lideranças nacionais e internacionais.

    Projetos

    Paralelamente foram realizadas, com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil), iniciativas pioneiras, como os Projetos Comprador e Imagem, onde foram apresentados - para jornalistas, representantes de associações de consumidores e potenciais compradores estrangeiros - a qualidade, sanidade e sustentabilidade da avicultura brasileira. Estiveram presentes representantes de mais de 35 países de mercados consagrados como grandes importadores de produtos avícolas do Brasil, como Emirados Árabes, Holanda e Hong Kong.

    O Projeto Produtor foi outra ação e reuniu cerca de mil produtores integrados das agroindústrias associadas, que receberam, por meio de palestras, as diretrizes de boas práticas de produção nas granjas como: mercado e perspectivas, crédito rural, legislação e manejo sustentável.

  • Apoiadores:

  • Patrocinadores:

  • Media Partners:

Contato

siavs@abpa-br.org
+55 (11) 3095-3120

Realização

SIAVS - Escritório-sede da ABPA
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1912 - 20° andar.
Conj. 20 L. CEP: 01452 - 001
São Paulo - SP - Brasil
Fone / Fax: +55 11 3095-3120